5 regras de ouro da alimentação

Alimentação e crianças saudáveis

Quem é que não gosta de comer? Aqui ficam 5 regras de ouro para as crianças (e adultos) lá de casa saberem como devem alimentar-se para crescer fortes e saudáveis.
UM: Variar, o mais possível. É importante ingerirem alimentos de todos os grupos da roda dos alimentos. Todos os dias devem alternar entre carne e peixe, ricos em proteínas para crescerem.
Comer regularmente feijão, grão, favas ou ervilhas (na sopa é uma ótima opção), e também fruta e legumes frescos que são ricos em vitaminas e minerais. Os cereais como massa, arroz, pão, dão-vos imensa força e energia para brincar, correr e saltar durante todo o dia. E os lacticínios, como o leite e o iogurte, estão cheios de cálcio para crescerem com ossos fortes;
DOIS: O número de refeições ao longo do dia é fundamental. Façam 3 refeições principais - pequeno-almoço, almoço e jantar – e ainda 2 ou 3 lanches ao longo do dia, para dar ao vosso corpo um reforço de energia e nutrientes. Ah, e nada de petiscar antes das refeições porque se comerem sempre a horas certas, o vosso organismo vai habituar-se a uma rotina alimentar e assim, só terão fome à hora das refeições;
TRÊS: Cuidado com os doces, os aperitivos salgados ou gordos. Sabem bem mas não podem exagerar. São pobres em nutrientes e têm muitas calorias que, a pouco e pouco, vão contribuindo para aumentar em grande escala o vosso peso, sobretudo ao nível de gordura;
QUATRO: Comecem sempre o almoço e o jantar com uma sopa, é um ótimo hábito. É um alimento muito saudável e baixo em calorias, que irá saciar a fome, para que se sintam satisfeitas com menor quantidade de alimentos no prato principal.
CINCO: Beber água ao longo do dia, mesmo que não sintam sede. A água é essencial para todas as funções do corpo humano e para a manutenção da vida.

Dr Cláudio Rodrigues, nutricionista 
Clínica de Nutrição de Lisboa